Cirurgia de mama

Flacidez nas mamas: como prevenir ou corrigir?

  • flacidez-nas-mamas-como-prevenir-corrigir

A flacidez costuma ser uma inimiga das mulheres, vila da juventude que acomete milhares de mulheres ao redor do mundo. E nas mamas não é diferente, com o passar do tempo ou influenciado por outros fatores, como gravidez ou oscilações de peso, elas também vão se tornando flácidas.   Especificamente no caso das mamas, a falta de firmeza e elasticidade da pele é um dos fatores, o que ocasiona excesso ou sobra de pele. Mudanças hormonais também pode interferir no tamanho dos seios e piorar a flacidez ou favorecer o aparecimento de estrias. Mulheres que fumam ou com predisposição genética também estão sujeitas à flacidez. E, além de tudo isso, a prática de atividades físicas sem uso do sutiã adequado também pode levar ao problema. Existem alguns cuidados que você pode adotar no dia a dia para prevenir a flacidez das mamas, mas em alguns casos apenas a cirurgia plástica, por meio de um lifting que corrigirá o excesso de pele e, o uso de próteses, para preencher o volume perdido, serão eficazes. Veja algumas dicas: Mantenha as mama sempre hidratadas: Não apenas as mamas, mas a pele do corpo todo, claro.  Passe óleos e cremes, preferencialmente após o banho. Esfoliações suaves e periódicas na pele também são essenciais para potencializar a hidratação. Hidratantes que estimulem a produção de colágeno são excelentes. Beba ao menos 2 litros de água por dia, isso ajuda a deixar a pele mais bonita e viçosa. Use filtro solar não apenas no rosto, mas nas mamas também. O sol envelhece a pele, reduz o colágeno e acaba deixando a pele flácida. Evite ficar sem sutiã e escolha uma peça que se ajuste perfeitamente às suas medidas, sem sobrar, nem faltar espaço. A faixa das costas deve ser mais larga para sustentar bem os seios. As alças não podem apertar nem ficar caindo. Na prática de atividades físicas, use tops reforçados que não deixem as mamas desprotegidas e soltas. Tome cuidado com oscilações de peso, ganhar e perder peso, no famoso efeito sanfona, pode piorar a flacidez. As mamas são compostas também por gordura e quando você […]

Próteses de silicone podem reduzir a sensibilidade dos seios?

  • proteses-silicone-sensibilidade-seios

Uma das dúvidas mais frequentes que as mulheres têm quando decidem colocar próteses de silicone é sobre a possibilidade de perda de sensibilidade nas mamas. É importante ressaltar que o resultado da cirurgia plástica é sempre muito individual. Geralmente, a sensibilidade não é afetada. Inclusive, pode acontecer dessa sensibilidade ficar ainda mais aflorada. A ereção dos mamilos também acontece normalmente. Existem outros fatores que podem levar à diminuição ou perda da sensibilidade das mamas. Quando opta-se por um implante muito maior que o tamanho normal da mama e ocorre um alongamento excessivo da pele, é possível que a sensibilidade seja afetada. Por isso é importante avaliar com o médico o tamanho mais indicado.O envelhecimento da pele, a idade e a diminuição do tamanho das mamas também podem alterar a sensibilidade. Ou seja, não se pode afirmar que após a cirurgia a sensibilidade será prejudicada. Logo após a cirurgia pode ocorrer de temporariamente as mamas ficarem mais sensíveis, mas em geral essa sensação passa com o progresso do pós-operatório. É importante manter o médico sempre informado sobre qualquer dúvida ou alteração. A escolha de um profissional habilitado, sério e experiente a ajudará a realizar sua cirurgia com confiança e evitando problemas.  

Cirurgia de redução de mama: como funciona?

  • cirurgia-de-reducao-de-mama

Diversos fatores podem contribuir para a queda das mamas. Amamentação, gravidez, processos de perda de peso, envelhecimento e fatores hereditários. Além da queda (ptose) podem aparecer estrias e flacidez ou perda de volume no colo e aumento das auréolas. Dores nas costas também podem ser um dos problemas causados quando as mamas são muito grandes e pesadas. Essas modificações podem gerar impacto na auto-estima da mulher. Nestes casos, a cirurgia plástica pode proporcionar elevação das mamas e devolver contorno e estética.

Próteses de silicone, por cima ou por baixo do músculo?

  • proteses-por-cima-ou-por-baixo-musculo-submuscular-subglandular

Ao decidir-se por uma cirurgia plástica nas mamas envolvendo a utilização de próteses de silicone, juntamente com o médico vocês conversarão sobre o tamanho, perfil e formato. Além disso, o médico vai lhe orientar sobre a melhor indicação para inseri-las, por cima ou por baixo do músculo.

Experiência de um paciente: Como foi fazer lifting de mama com silicone

  • lifting

Depois de emagrecer mais de 20kg com alimentação saudável e atividade física, meus seios ficaram caidinhos e perderam volume. Antes de emagrecer eu ficava incomodada com o tamanho deles, estava usando quase 48 e para uma pessoa de 159cm eu achava que era muito, o botão das camisas não fechava. Depois que emagreci passei a usar tamanho 44, mas havia perdido volume e ficava incomodada ao usar certas roupas.

Ginecomastia: desenvolvimento das mamas em homens

  • ginecomastia

A ginecomastia é o crescimento benigno de mamas de tamanho fora do normal em homens e este problema pode ocorrer devido ao excesso de tecido mamário, não necessariamente de gordura nesta região. Esta alteração pode ocorrer por diversos fatores, como desequilíbrios hormonais causados por medicação(como a espironolactona, usada no tratamento da hipertensão arterial e os benzodiazepínicos, remédios psicoativos), problemas no fígado e na tireoide.

Prótese de silicone nas mamas: dúvidas sobre mamografia e ultrassom

  • silicone-mamografia-ultrassom

A cada ano o interesse por implantes de silicone nas mamas aumenta. Mas, além de ser importante escolher um profissional sério, habilitado e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, é essencial realizar periodicamente consultas e exames de prevenção. Quem possui próteses de silicone pode ter dúvidas neste sentido: será que as próteses influenciam nos resultados dos exames?

Qual a prótese de silicone ideal para minha cirurgia de mama?

  • Qual-a-prótese-de-silicone-ideal-para-minha-cirurgia-de-mama

A prótese ideal depende de diversos fatores. É preciso entender se a paciente tem a intenção de aumentá-las, se deseja que fiquem mais projetadas, se quer preencher melhor o colo, se busca uma aparência mais natural, dentre outros. O biotipo da paciente também é levado em conta e varia conforme sua altura e peso. O cirurgião também avalia questões como quantidade de gordura e glândula mamária, grau de flacidez da pele e o formato das mamas. Todos esses fatores interferem no modelo e tipo de prótese que será utilizado.